Victor Dias ao lado de Antônio Ferrerira (Toninho), sócios do CBH e membros da equipe de organização do Cifuca

Victor Dias ao lado de Antônio Ferrerira (Toninho), sócios do CBH e membros da equipe de organização do Cifuca

Atendendo a mais um pedido dos sócios, a diretoria do Clube – gestão CBH em Frente providenciou a substituição das redes do campo de futebol, de cor azul pela branca, buscando melhorias para os jogos dentro de casa.

“Quando a cor da rede dá contraste com o fundo (do gol) ajuda o jogador a finalizar melhor a jogada”, explicou Antônio Ferreira (Toninho), que apresentou a demanda à diretoria de Esportes.

Membro da equipe de organização do Cifuca Copa do Mundo 2022, Toninho explicou que muitas vezes o jogador não consegue completar a jogada “só com o foco do olhar”, mas através da visão periférica. “Agora, com a rede branca, temos uma referência para uma finalização melhor”, disse.

“A rede é importantíssima para o jogo. Quando você tem uma rede da cor oposta do fundo da quadra é referência tanto para o zagueiro quanto para o atacante para se posicionar melhor. Foi uma excelente compra”, completou o zagueiro Victor Dias. “Essa foi uma benfeitoria do Clube para o Cifuca. Outras estão por vir”, finalizou.