O ginásio do Clube Belo Horizonte foi sede mais uma vez do Campeonato Estadual de Ginástica Rítmica, organizado pela Federação Mineira de Ginástica, no sábado, 30/09. O CBH competiu com duas atletas e conquistou uma medalha de bronze.

O evento contou com a participação de cinco entidades: Clube Belo Horizonte, Prefeitura Municipal de Betim, Espaço Cultural GRM, GR Mariza e Rafaela Muniz. Foram no total 43 ginastas competindo e três conjuntos. O dia foi intenso, com belíssimas apresentações.

As atletas do CBH foram: Larissa Fernanda da Silva Souza, 14 anos, que competiu pelo Nível II
Categoria Juvenil, nos aparelhos Bola e Arco; e Amanda Ruiz, 12 anos, que competiu pelo Nível II Categoria Infantil, nos aparelhos ML e Bola e conquistou o bronze na Bola.

“Faço ginástica desde os cinco anos, mas entrei para o CBH este ano. Eu gosto muito deste esporte porque trabalha a flexibilidade”, conta Amanda. “Vou ser sócia do Clube”, avisa. “A Amanda é muito esforçada e dedicada. Ela só tem nove meses de treino e já foi medalha de bronze numa competição razoavelmente difícil”, avalia a técnica do CBH, Daniela Oliveira.

“O campeonato é estadual e reúne as melhores atletas de Minas Gerais em duas disputas. No nível I, competem meninas que participam do Brasileiro e eventos internacionais. Nível II, meninas que se restringem aos campeonatos estaduais e torneios, que é o nosso caso, pois estamos iniciando o trabalho no Clube. Fiquei satisfeita com o resultado da Amanda. Agora é reiniciar o trabalho com as pequenas para renovar a equipe do Clube. Isso já tem sido feito desde o ano passado. Acredito que os resultados futuros vão ser bem melhores”, explica Daniela.

De acordo com a Presidente da Federação Mineira de Ginástica, Katya Mourthé, essa competição é organizada com o apoio das entidades competidoras e este ano o CBH foi novamente escolhido como sede em assembleia realizada no início do ano. “A estrutura é muito boa para o nível da competição e ainda contamos com toda disponibilidade da técnica do Clube, a Daniela, buscando colocar o melhor para o evento. O nível técnico também vem crescendo bastante e acredito que a participação do Clube Belo Horizonte vai ajudar ainda mais o desenvolvimento do esporte em BH”, finaliza.