Na última quinta-feira, 07/12, o Teatro do SESC Palladium recebeu a tradicional apresentação de fim de ano da Ginástica Rítmica do Clube Belo Horizonte. O evento contou com a participação de 99 talentosas ginastas, com idades entre 4 e 23 anos, que brilharam ao apresentar 18 números. A plateia foi cativada pela combinação de delicadeza e habilidades das meninas, transformando a noite em um verdadeiro espetáculo.

Carlos Caixeta (Carlão), diretor de Sede do CBH, prestigiou a apresentação: “Achei espetacular! Eu fiquei encantado de ver a performance das meninas no palco. Parabenizo a Daniela (professora) pela apresentação e pelo trabalho que ela vem fazendo com as crianças durante o ano todo. Estão todos de parabéns: a professora, as ginastas e também os pais que incentivam a prática do esporte”.

A professora Daniela Oliveira comemorou o sucesso da noite: “Encerramos com chave de ouro. Já era um sonho antigo poder proporcionar às ginastas e familiares essa qualidade de festival. Estou imensamente grata por tudo que vivemos em 2023. Subimos nossas notas, alcançamos muitos pódios – alguns deles inéditos como as 3 medalhas de prata da Nath no Torneio Nacional – e já estamos nos organizando para 2024”.

Daniela Oliveira, treinadora da Ginástica Rítmica do CBH, e sua aluna Beatriz Peixoto

Daniela contou que em janeiro a equipe do CBH irá para o Espírito Santo com 13 ginastas para participar de um curso com a treinadora da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, Camila Ferezin, e com Monika Queiroz, ex-treinadora da Seleção, árbitro internacional e um dos grandes nomes da GR brasileira. Logo depois, as ginastas emendarão um estágio de treinamento com a Escola de Campeãs, equipe experiente e com grandes resultados nacionais e internacionais. 

“Serão 10 dias trabalhando duro para iniciarmos o ano bem preparadas para as competições. As famílias estão envolvidas e as ginastas muito motivadas com a experiência do estágio. Que venha 2024! Faremos o nosso melhor para que a Ginástica Rítmica do CBH brilhe cada vez mais”, concluiu.

A mamãe Graciana Pereira ficou emocionada ao assistir à apresentação da filha: “Ver a Luísa no seu primeiro festival de Ginástica Rítmica deixou meu coração em êxtase. Toda a beleza dela no palco me fez acreditar na capacidade dela como ginasta, em apenas 4 meses de treinamento a Luísa evoluiu e apresentou 100% de aproveitamento. A criatividade, empenho, comprometimento e, claro, o amor depositado pela professora Daniela fizeram o Festival de Ginástica Rítmica 2023 ser um dos eventos mais lindos que eu já assisti. Ter entregue a Luisa para a Dani me faz descansar em saber o quão bem a minha jóia está. Estrear como mãe de ginasta no CBH me enche de orgulho de participar dessa Casa. Meus agradecimentos ao Clube.”

Graciana Pereira e sua filha Luísa, ginasta do CBH

“O festival de ginástica rítmica foi muito lindo! Eu, como mamãe da Laura, ginasta do CBH, fiquei encantada com a beleza dos figurinos, o talento das meninas e organização do evento. Foi emocionante ver minha filha no palco tão linda e alegre. Parabenizo a treinadora Dani e sua equipe pelo carinho e profissionalismo e ao CBH pelo apoio e incentivo, não só à ginástica rítmica mas a todos os esportes praticados no clube! Valeu demais!”, elogiou Gislaine Soares, diretora Secretária do Clube Belo Horizonte.

Gislaine Soares, diretora Secretária do CBH, e sua filha Laura, ginasta do CBH

Acesse a galeria de fotos cedida pela treinadora Daniela Oliveira: https://photos.app.goo.gl/TN3K1xVKzkhTqvvn8