No último domingo, 29/10, o Clube Belo Horizonte recebeu o 1º Festival Shotokai Minas. Organizado pela Academia Seiryu Dojo, o evento reuniu 9 academias de karatê com cerca de 146 atletas de diversas idades, do sub-6 ao sub+36, em modalidades de competição Kata e Kumite e em apresentações.

Em uma bonita festa esportiva, que tomou conta do ginásio do CBH, o evento teve a finalidade de promover, incentivar e fomentar a prática do karatê esportivo na região metropolitana de Belo Horizonte, além de auxiliar na formação desportiva e aprimorar a qualidade dos karatecas, aumentar sua performance e ampliar o convívio entre todos os praticantes.

Ana Karina, coordenadora da Academia Seiryu Dojo e organizadora do festival, contou que essa foi a primeira vez que o evento foi realizado. “Estão presentes aqui academias de Belo Horizonte, Sabará, Presidente Juscelino, Santa Luzia, Taquaraçu de Minas e Bom Despacho”, disse.

Geraldo Gonzaga, diretor de Esportes, e Ana Karina, coordenadora da Academia Seiryu Dojo e organizadora do festival

Geraldo Gonzaga, diretor de Esportes do CBH, esteve presente e elogiou a organização e dinâmica do evento: “Essa parceria com o festival mostra a função social do Clube que é de abrir as portas para outras atividades e dar visibilidade a elas. A valorização de esportes que não são de massa (como o vôlei e o futebol) é muito importante”.

Robson José de Almeida, secretário de Assistência Social de Taquaraçu de Minas, também prestigiou o festival. “Eu fico até emocionado de ver a empolgação dos meninos. Somos uma cidade do interior e estamos aqui, por isso é muito importante incentivar o esporte. Hoje vieram 36 crianças!”.

Geraldo Gonzaga, diretor de Esportes, e Robson José de Almeida, secretário de Assistência Social de Taquaraçu de Minas

Lucas Eustáquio, sócio do CBH, foi árbitro do campeonato. Ele tem quatro anos e meio de prática no esporte, e a dedicação do atleta rapidamente se refletiu em conquistas. Ao longo de três anos no Dojo e dois anos de competições (interrompidos por dois anos devido à pandemia), Lucas acumulou 23 medalhas, incluindo títulos como Campeão Mineiro, Vice-campeão Brasileiro e Campeão Brasileiro Estudantil em 2022, nas modalidades Kata e Kumite.

Para 2023, Lucas foca exclusivamente no Kumite. “Meu sonho é ser um Campeão Mundial e estou buscando esse sonho todos os dias. Sei que o caminho é longo mas vamos subindo e descendo degraus, aprendendo com erros e buscando os acertos. Sobre arbitrar no festival sediado no CBH, achei muito legal! Uma experiência com muitos desafios!”.

Lucas Eustáquio, atleta profissional e sócio do CBH

Os resultados do campeonato podem ser conferidos em: https://www.sdprocampeonato.com/_files/ugd/c99344_837f97866f4a4959ba7a7eb479ad4d67.pdf