No último sábado, dia 08/06, o Clube Belo Horizonte foi palco do Torneio Início de Ginástica Rítmica, promovido pela Federação Mineira de Ginástica (FMG), abrindo o primeiro campeonato do ano.

O evento, que integrou as festividades em comemoração aos 120 anos do CBH, contou com a participação de 15 talentosas ginastas do clube, que brilharam nas três categorias – pré-infantil, infantil e juvenil – nos níveis I, II e III, conquistando um total de 13 medalhas, incluindo ouro, prata e bronze.

“Foi o primeiro torneio federado do ano. Ele pleiteia as crianças iniciantes, mas serve também como agenda para as ginastas mais experientes para que elas se preparem para competições de maior expressão, como estaduais e o brasileiro”, explicou a treinadora Daniela Oliveira.

“Foi um excelente evento, integrando as nossas festividades pelos 120 anos do Clube Belo Horizonte. Quero parabenizar todos os envolvidos na organização deste evento, em especial agradecer e parabenizar a nossa treinadora Daniela, que há vários anos vem desenvolvendo um belo trabalho, e, claro, agradecer às nossas ginastas, que vestem a camisa do clube, por tanto empenho e dedicação. Meninas, parabéns, vocês brilharam!”, comentou Gislaine Soares Matte, que é diretora do CBH e mãe da ginasta Laura, de 9 anos.

“A ginástica rítmica é uma modalidade esportiva que vem se destacando cada vez mais no CBH, com turmas que vão desde iniciantes até a equipe de competição, com ginastas que se dedicam, se superam e destacam até em nível nacional”, ressaltou Gislaine.

A cerimônia de abertura, marcada pelo hino nacional, foi um momento solene que preparou o ambiente para as emocionantes competições que se seguiram.

A celebração contou com a presença do diretor de Esportes do CBH, Geraldo Gonzaga, que fez questão de prestigiar as performances e a premiação das ginastas do Clube Belo Horizonte, ao lado da técnica Daniela.

Daniela Oliveira, treinadora de Ginástica Rítmica do CBH, ao lado do diretor de Esportes, Geraldo Gonzaga

Na arquibancada, as famílias também estavam presentes, apoiando as ginastas.

Na trajetória de uma atleta, o apoio familiar é fundamental. Priscila Cerqueira, mãe da ginasta Beatriz Costa, sabe disso e está sempre presente. Mãe e filha compartilham uma ligação especial. Enquanto Beatriz trilha seu caminho no mundo do esporte, ela tem a segurança de contar com uma aliada constante ao seu lado.

Quando questionada sobre o papel das mães com as filhas atletas, Priscila responde que é passar confiança. Além disso, ressalta a importância de ensinar a torcer pelas colegas e a ficar feliz quando a outra ganha também. 

Priscila destaca que é muito emocionante assistir às competições e admite: “Fico nervosa e sofro talvez mais que as atletas, mas é uma felicidade”.

Beatriz Costa, ginasta do CBH, com a mãe Priscila Cerqueira

Com tantos sentimentos dentro e no entorno das quadras, o evento não apenas celebra o talento das ginastas, mas também fortalece os laços entre treinadores, atletas e suas famílias.

A técnica Daniela se diz realizada com os resultados do Torneio: “As meninas foram muito bem, saíram cheias de medalhas, fiquei muito feliz. No último ano, houve uma conscientização das famílias da necessidade de investimento. O Clube também nos ajuda bastante e tivemos resultados muito expressivos nos últimos anos. Então é um conjunto: entidade, famílias, ginastas, treinadora”.

“Obrigada ao Clube por me permitir fazer o que eu amo, no lugar que eu amo”, concluiu.

Confira a premiação do evento:

Pré infantil II
Cecília Castro – 1 ouro
Beatriz Ezequiel – 1 prata

Infantil II
Melina Bornelli – 1 ouro
Giovanna Leroy – 1 prata
Marina Serravite – 1 bronze

Infantil I
Vitória Macedo – 3 bronzes

Juvenil II
Ana Luisa Conrado – 1 ouro

Juvenil III
Emanuelle Cecília – 1 bronze

Juvenil I
Náthely Marcelle – 3 pratas

Confira galeria de fotos: https://photos.app.goo.gl/y16pZhrtSmmdybzS9

Fotógrafa: Zuleica Morais